sexta-feira, 11 de março de 2011

Salvador - Flamenco com Dendê

Apresentação do grupo Flamencantes (espetáculo Entre Carmens e Severinas) sob a direção de Daniel Moura

Entre Carmens e Severinas

Os flamencantes

As belas flamencantes apresentando Entre Carmens e Severinas

Acarajé, abará, caipiroska, moquecas diversas, axé music, carnaval: estes são alguns dos símbolos da Bahia, que todo mundo conhece. Mas Salvador é muito mais que isso.

Salvador também é flamenco. A dança, originária da Espanha, tem seus adeptos e adeptas na cidade. O baile flamenco, com suas guitarras e castanholas, seu lamento e suas saias cheias de volume, conquistaram o coração de muitos baianos: que bailam, tocam e assistem aos espetáculos. 

Como não poderia deixar de ser, o flamenco na terra de todos os santos, sofre influência de sua forte cultura: é mesmo cheio de dendê e de ginga. Mas sem perder a essência desta magia vinda da Espanha. A mistura do duende típico das bailarinas flamencas com o santo que toda menina baiana tem, resultou em uma mistura de cores e ritmos particulares. Esta mistura ajudou a arrebatar a alma de mais e mais espectadores. 

O resultado: espetáculos belíssimos e teatros lotados.
 ------------------------------------------------------------------------
O Confraria é um espaço voltado para as artes, que mistura o duende flamenco com o dendê baiano: Rua das Rosas, 598, Pituba.

Fotos de Patrícia Carmo.