sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A MUITO simpática e AGRADÁVEL Montevideo, Uruguai:

Teatro Solís

Teatro Solís

Plaza Independencia, vista do Teatro Solís

Palacio Salvo, que já foi o mais alto da América do Sul.

Plaza Independencia, com a estátua de José Artigas

Porta da Ciudad Vieja
Praça Matriz

Porta da Catedral Metropolitana


Mercado do Porto

Teatro Solis à noite, com o farol ligado, indicando que há espetáculo

Montevideo é uma cidade pequenina e muito simpática que não tem muitos pontos turísticos para visitar. Considero mais uma cidade para ser curtida, apreciada sem pressa. A visita guiada ao Teatro Solís é quase um programa obrigatório porque o lugar é lindo e se confude com a história da cidade.

Sugiro a visita pela manhã, quando há intervenção da Compahia de Teatro do Solís, com uma historinha entre uma informação e outra da guia, a medida que vamos avançando pelos ambientes do teatro. Enquanto espera pela visita, aproveite para dar uma olhada na Plaza Independencia, que fica em frente. Ela foi idealizada em 1837, mas modificada em 1860. Ali está o palácio da presidência, com suas paredes espelhadas, distoando completamente da arquitetura geral do local.

Na praça também está o Palácio Salvo, que já foi o mais alto da América do Sul e que me lembra muito o prédio do filme Ghostbusters, e o prédio do poder executivo. Embaixo do palácio há um centrinho onde fica uma loja de couros.

No meio da praça, uma estátua de José Artigas (inaugurada em 1923), heroi da independencia, considerado o fundador da nacionalidade uruguaia. Ali estão as escadarias que levam ao seu mausoleo, construido em mármore negro, em 1977. 

Atrás da estátua fica a porta da Ciudad Vieja. Foi aqui que começou Montevideo, que era uma fortaleza, construida pelo espanhois para marcar território frente aos portugueses que estavam tomando as terras com a fundação de Colonia del Sacramento. Ali está o início da Peatonal Sanrandí, que leva ao Mercado do Porto.

Depois da visita ao Solís, estará quase na hora do almoço. Aproveite para ir andando pela Ciudad Vieja, passe pela Praça da Matriz (ou Constitución), entre na Catedral Metropolitana e siga até o Mercado do Porto. Lá as oções de reastaurantes são variadas. Entre, escolha um e esqueça da vida com um delicioso almoço regado a um bom vinho tannat, uva típica da região.