quarta-feira, 9 de maio de 2012

Dormindo sobre séculos de história em Guadalajara

A escada principal que leva ao segundo piso
O segundo piso. Os quartos ficam em volta do quadrado.

Segundo piso. Vista das portas dos quartos.




Um dos pátios interno. Vista da porta de um dos quartos.


Pátio externo, com vista para as torres da Catedral.

Vista da Plaza Guadalajara
Um dos quartos do Hotel Francés

Detalhes do quarto do hotel francés.

Detalhe da janela.

Eu gosto de coisas velhas, quero dizer, antigas. Sempre que viajo, procuro ficar em locais que tenham uma alma e muitas histórias para contar. Foi assim que fomos parar no Hotel Francés, em Guadalajara, estado de Jalisco, no México.

O Francés carrega no cheiro e na cara uma certa antiguidade decadente, cafona até. Muitas cores contrastando com móveis escuros e uma luz quase sempre alaranjada, que não ilumina muito alguns dos ambientes. E é justamente por causa disso tudo que o Hotel Francés é um charme: uma sensação de estarmos voltando no tempo e isto pode ser uma viagem deliciosa se apurarmos os sentidos e nos deixarmos levar pelas sensações. Além disso, tudo é muito limpo, arrumado e funcional. 

Os quartos são amplos e o hotel é muito bem localizado, no centro histórico de Guadalajara, próximo à praça de La Liberación (Sabores Mexicanos) onde ficam a Catedral e o Teatro Degollado e em frente ao Palácio do Governo. Tanto durante o dia, quanto durante a noite, tem movimento pelas ruas.  

Fundado em 1610 e remodelado em 1981, é o hotel mais antigo da cidade e foi construido para dar pouso aos comerciantes da época que estavam sempre viajando para vender suas mercadorias. Ainda hoje é possível encontrar peças do século XVII decorando os corredores do local. Muita gente famosa e importante, do país e de fora, já se hospedou aqui, como o ator americano Charles Bronson.

Maestranza 35.
Centro.
Guadalajara, México.
52(33) 3613 1190 //  http://www.visualenlinea.com/hotelfrances/site/