domingo, 9 de agosto de 2015

Fiódor DOSTOIÉVSKI e sua CASA em São PETERSBURGO


Entrada da casa-museu do autor russo Fiódor Doistoiévski
Fiódor Dostoiévski, nascido no século XIX, é considerado um dos melhores romancistas do mundo. Autor de clássicos da literatura como Os Irmãos Karamazov e Crime e Castigo, nasceu em Moscou, mas viveu em São Petersburgo. Sua casa na cidade, onde morava quando morreu, em 1881, virou casa-museu e nós a visitamos no primeiro dia em Peters.

Eu sou uma apaixonada por casas-museu porque elas colocam em contexto os autores e suas histórias. Além disso, é uma forma de voltar ao passado, sentir um pouquinho o clima do que era viver em tempos antigos. Isso sem contar que descobrimos histórias interessantes sobre os escritores.

Sala de jantar de Dostoiévski
Dostoiévski por exemplo, costumava acordar tarde e pedia que sempre houvesse água quente no seu samovar para o chá. A mesa estava sempre bem posta com lindas louças. É possível percorrer todos os ambientes da casa que continuam montados como se o escritor ainda vivesse lá com sua família.

Lendo informações sobre o autor, sua casa e seu way of life.
Muitos museus russos são cuidados por simpáticas senhoras aposentadas, como forma de complementar a renda, segundo ouvimos por lá. Elas, sem dúvida, fazem parte desses ambientes e da experiência de se estar na Rússia. Na casa do autor de O Jogador, enquanto me dirigia para o segundo cômodo após a entrada, me vi agarrada por fortes braços que me impediram de seguir meu caminho. 

Com um sorriso e muitas mímicas, uma destas senhoras que sempre me encantavam pela forma matriarcal que me tratavam, indicou que trajeto eu deveria seguir para melhor aproveitar o passeio pela segunda metade do século XIX e pela intimidade de Dostoiévski.

Ela ainda me entregou um papel plastificado com informações sobre a casa e o way of life do escritor e de sua família. Em quase todas as casas-museu que visitei havia informações em inglês e russo neste formato. Cada cômodo da casa tem o seu: devamos devolver ao final da leitura e afirmo que faz muita diferença para entendermos o funcionamento de cada casa. 

Casa-museu Fiódor Dostoiévski 
Endereço - 5/2 Kuznechny Pereulok | Metro Vladimirskay
Horário de visita - Terça: 11.00-18.00*
Quarta: 13.00-20.00*
Quinta: 11.00-18.00*
Sexta: 11.00-18.00*
Sábado: 11.00-18.00*
Domingo: 11.00-18.00*
*As bilheterias fecham 30 minutos antes do fechamento do museu. 
Fecha às segundas.
Lembro que nem sempre as regras e horários são seguidos, podendo estar fechado quando menos se espera. 

Era um lindo dia de verão, com céu azul, sol tímido e temperatura agradável, por isso, ao sairmos da casa-museu, resolvemos tirar o resto do dia para passear, flanar pela Nevsky Prospect, principal avenida de São Petersburgo, sem rumo e sem nenhum objetivo, apenas nos misturando aos russos e turistas, aproveitando o dia ao ar livre.