domingo, 2 de outubro de 2016

HOSPEDAGEM em MUNIQUE, Alemanha:

Hospedagem em Munique

Assim com em Nuremberg, em Munique nós nos hospedamos no Ibis. Escolhemos o Ibis Muenchen City Arnulfpark, situado na Arnulfstrasse 55, distante cerca de 2 kms da Hauptbahnhof (Estação Central), onde chegamos na cidade.

Bem localizado, há um ponto de tram quase em frente ao Ibis. A Marienplatz, um dos principais pontos turísticos de Munique, fica distante cerca de 3 quilômetros do hotel, sendo que outras atrações estão em um raio de 5 quilômetros.

Era possível pegar o tram, mas andarilhos urbanos que somos, preferimos quase sempre caminhar, levando mais ou menos 30 minutos até a Hauptbahnhof e mais 10 minutos até o centro.

O atendimento no check-in foi excelente. O café da manhã não estava incluído na diária, mas o hotel possui um variado buffet cujo valor era de 11 euros/dia/pessoa.

Geralmente optamos por tomar nosso desjejum na rua, em cafeterias. Nesse caso não foi diferente, no entanto precisamos caminhar até o centro, pois no entorno não encontramos nenhum café ou padaria.

Hospedagem em Munique
Ibis München City Arnulfpark

Hospedagem em Munique
Ibis Munique

Hospedagem em Munique
Ibis Munique - quarto

Hospedagem Munique
Ibis Munqiue: quarto - detalhe da decoração
Tanto o lobby quando os quartos seguiam o desenho e decoração padrão das unidades da rede: um charme.

O quarto onde ficamos, o 505, nos permitiu uma vista para a Arnulfstrasse: ele tinha um bom tamanho, cama ampla, macia, três travesseiros grandes e fofíssimos. Bancada de trabalho e wi-fi gratuito no quarto que funcionou muito bem, além de um pequeno sofá. Havia também um armário com gavetas e prateleiras. 

Tinha espelho de corpo inteiro, mas não possuía cofre.  

Hospedagem em Munique
Ibis Munique - banheiro: luz ótima e espaço razoável na pia

Hospedagem em Munique Alemanha
Ibis Munique - banheiro: espaço no chuveiro para produtos de higiene, chuveiro com regulagem e tubo de sabonete líquido apoiado na parede
No box, que era de vidro, chuveiro padrão europeu com regulagem de altura e temperatura. Ali, havia espaço para colocar os produtos de higiene, diminuto, é verdade, mas ótimo, pois muitas unidades da rede não possuem.

Tanto na pia quando no chuveiro havia tubos de sabonete líquido. Encontramos também secador de cabelo e um espaço razoável na pia para apoiarmos nossos pertences. O espelho era grande e a luz era ótima. Pudemos tomar água da torneira: outra facilidade europeia que eu adoro!

A qualidade das toalhas de banho não foi boa e eles não disponibilizaram toalhas de rosto.

Outro aspecto nos atrai na Rede Accor: o programa de fidelidade da rede chamado Le Club, onde a hospedagem acumula pontos que mais tarde poderão ser revertidos em descontos em outras hospedagens. 

Os associados vão subindo de categoria à medida que acumulam pontos e assim vão ganhando benefícios como early check-in (meu preferido), late check-out e welcome drinks por exemplo. Lembro, porém, que nem toda unidade gera pontos. 

Para ser um membro Le Club basta fazer o cadastro gratuito no site da rede. 

Estar em uma das unidades do Ibis Hotel, tem seus prós e seus contras, mas na contabilidade final, continuo considerando o Ibis um bom custo/benefício quando viajamos por aí.