quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Do BRASIL para ALEMANHA de CONDOR:

Gol Linhas Aéras
GOL Linha Aéreas - conexão
Fomos para a Alemanha e voltamos pela companhia aérea alemã Condor, pousando em Frankfurt. Como a cidade não era nosso destino em nenhum momento da viagem, nós nem saímos do aeroporto. Ali dentro mesmo, pegamos o trem para Nuremberg e chegamos ali de volta, também de trem, vindos de Munique.

A escolha da Condor para essa viagem foi financeira: as passagens estavam com ótimo preço. Eu voaria de novo por ela, caso os valores compensassem, mas a Condor está longe de fazer parte de minha lista de companhias aéreas favoritas.

Condor Alemanha
Condor
Os assentos são mais apertados que o normal, há apenas uma opção de refeição e não podemos marcar os assentos, nem mesmo no momento do check-in on line: o pior defeito da Condor, em minha opinião. Pelo menos os equipamentos são novos e os banheiros ficam limpos quase o voo inteiro.

No ato da compra, para quem quer marcar o assento, a Condor cobra 30 euros por trecho, o que considero extremamente abusivo. A maioria das companhias aéreas nos permite a escolha dos assentos no momento do check-in, mas não a Condor.

Não sei qual a logística que eles usam, mas vi casais e famílias serem separados. Léo e eu voamos juntos na ida e na volta, mas nos colocaram nas cadeiras do meio, mesmo percebendo várias pessoas sozinhas, nas poltronas das laterais. A configuração do avião era 2 - 3 - 2. 

Frankfurt am Main Alemanha
Frankfurt am Main

Frankfurt am Main Alemanha Condor
Frankfurt am Main

Frankfurt am Main Alemanha Condor
Frankfurt am Main - balcão de passagens de última hora

Frankfurt am Main Condor Alemanha
Frankfurt am Main - última cerveja

Frankfurt am Main Condor Alemanha
Frankfurt am Main - verificando portão de embarque e confirmando horário
No aeroporto, ao despacharmos as bagagens, pedimos para trocarmos de assentos, o que não foi possível. Segundo a atendente, que foi gentil, o voo estava lotado.

Paramos em um dos muitos restaurantes de Frankfurt am Main para a última cerveja e salsicha (de um tipo que não vi na Baviera) e embarcamos. Passamos primeiro pelo raio X, cuja fila estava grande e o processo lento. Tivemos que colocar na esteira, além de eletrônicos, o material de higiene pessoal. Por essa razão já os coloco em zip locks, aceitos na maioria dos países.

Passamos pelo scanner de corpo e ainda fomos revistados manualmente. Todas as pessoas foram extremamente gentis e educadas. Em seguida, controle de passaporte.

Passei rapidamente pelo Duty Free que é imenso, mas com nossa moeda não valendo grande coisa, os valores dos produtos não estavam exatamente atrativos.

Em nosso portão de embarque uma funcionária estava pesando todas as bagagens de mão. Aquelas que estavam fora dos padrões, eram despachadas e as pessoas tinham que pagar, na hora, uma multa. Ela não deixou de averiguar nenhuma mala ou bolsa.

Frankfurt am Main tem uma coisa muito curiosa: balcões de passagens de avião de última hora. São muitas opções, ofertas e destinos. 

Frankfurt am Main Condor Alemanha
Frankfurt am Main - voando de Condor

Frankfurt am Main Condor Alemanha
Frankfurt am Main - nada de finger

Condor  Alemanha
Condor - entretenimento limitado à bordo

Condor  Alemanha
Condor - jantar

Condor  Alemanha
Condor - café da manhã

Condor  Alemanha
Conexão no Galeão
O voo atrasou mais ou menos 35 minutos e fomos até o avião de busão (prefiro o finger) e de fato o voo estava lotado. Não foi fácil enfrentar 12 horas de voo no corredor, mas sobrevivi ouvindo música. O pool de músicas é gratuito, mas precisamos levar nossos fones de ouvido. Os filmes são cobrados: 8 euros.

Poucas horas depois da decolagem serviram o jantar: pão duro e frio, manteiga, queijo camembert, massa gratinada com gosto de nada e toda grudadinha e uma mousse de limão com coco e nibs de cacau que estava bem gostosa. Bebi suco de tomate. Bebidas alcoólicas são cobradas.

Pouco menos de duas horas antes de pousarmos no Brasil foi servido o café da manhã: manteiga, um terrível pão de centeio (teve na ida também), geleia de morango, iogurte de ameixa, fatias de embutidos e queijo e um pretzel quentinho e delicioso.

No Galeão (Rio de Janeiro), onde fizemos conexão, o controle de passaporte foi muito rápido, assim como a restituição de bagagens. Depois de muitos dias e muitas salsichas alemãs, a primeira coisa que comemos na terrinha foi um pão de queijo. Assim encerramos mais uma viagem! Que venham muitas outras.