quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Como USAR o METRÔ no PORTO, Portugal:

Como usar o metrô no Porto

Porto, apesar de suas ladeiras, é uma cidade ótima e fácil para ser explorada a pé. Dependendo da localização da hospedagem escolhida, é possível visitar os principais pontos de atração da cidade caminhando, especialmente para quem é andarilho urbano.

Contudo, para quem, por uma razão ou outra, sentir necessidade de utilizar o sistema de transporte público, é bom saber que o metrô do Porto funciona muito bem. 

Como usar o metrô no Porto
Estação IPO - cobertura mínima e letreiro informando sobre o próximo carro

Como usar o metrô no Porto
Metrô linha amarela -  limpo e funcional
Eu adoro perambular por uma cidade, usando como meio de transporte minhas pernas. Entretanto, nossa casa no Porto, no início da viagem, foi o Ibis São João distante mais ou menos 5 quilômetros do centro, o que nos obrigou a pegar metrô todos os dias para ir e voltar.

Em frente ao Shopping Campus, onde está alojado o Ibis, encontra-se a estação IPO da linha amarela, nosso ponto de todos os dias. Essa parada tem uma cobertura mínima, sendo aberto na maior parte de sua extensão e ali, nos abrigamos da chuva e passamos frio.

Luminosos informam o tempo até a chegada do próximo carro e qual a linha. 


Como usar o metrô no Porto
Cartão Andante Azul 


Como usar o metrô no Porto
Metrô do Porto

O metrô do Porto é dividido por zonas que vão de 2 a 12 e a zona escolhida tem impacto no custo do bilhete. A Z2 atendia quase toda a área turística. A linha que sai do aeroporto está na Z4.

Para utilizar o metrô no Porto é preciso comprar um cartão, o Andante, dividido em três categorias: Azul, 24 e Tour. O custo é de 0,60 cêntimos de euro. Cada pessoa precisa ter seu próprio cartão, ou seja, um cartão não pode ser usado por mais de uma pessoa na mesma viagem.

O Andante azul é o mais básico deles. Ele é recarregável e podemos abastecê-lo de 1 a 30 viagens do mesmo tipo, ou seja dentro da mesma zona.

O tipo de zona escolhida tem impacto no custo do bilhete e no tempo de uso. Isso significa, por exemplo, que a Z2 (zona 2) tem o custo de bilhete de 1,20 euros e pode ser usado por 1 hora a partir do momento da validação. Já a Z4 (zona 4) tem o custo de 1,95 podendo ser usado por 1 hora e 15 minutos.

Para quem carregar 10 títulos de uma vez, para qualquer zona, ganha a 11° de graça. Com o mesmo cartão podemos comprar bilhetes de outras zonas, sempre que houver necessidade, desde que zeremos o cartão. Exemplo, quando precisamos comprar bilhetes para Z4, tivemos que gastar os bilhetes Z2. 

O Andante 24 também é recarregável e permite que o usuário utilize o bilhete, dentro das zonas escolhidas, por 24 horas, após a primeira validação. O custo para usar a Z2, por exemplo, é de 4,15 euros.

Por fim, o Tour possibilita que o adquirente circule sem limites por toda a rede andante por 24 horas (7,00 euros) ou 72 horas (15 euros) consecutivas. Cartão não recarregável.

Como usar o metrô no Porto
Máquinas para compra de bilhetes

Como usar o metrô no Porto
Estação IPO - ao fundo Léo compra bilhetes nas máquinas
Máquinas estão disponíveis nos pontos e nas estações para a compra dos bilhetes e do cartão: algumas aceitam cédulas e moedas - de 5, 10, 20 e 50 euros, sendo que as duas últimas apenas para compras acima de 10 euros - e outras recebem apenas moedas.

Elas são muito fáceis de serem utilizadas, pois o passo a passo é muito simples. Basta ler e seguir as instruções. Há também outros pontos de venda como lojas e bilheterias.

Como usar o metrô no Porto
Metrô passa sobre a famosa ponte Luis I
Como nosso objetivo era usar apenas na ida e na volta do centro, optamos pelo Andante Azul, que recarregávamos todos os dias na parada IPO com dois bilhetes em cada cartão.

No primeiro dia, quando fomos até as máquinas para comprar nosso Andante e carregar com bilhetes, constatamos que nas máquinas que aceitavam cédulas não havia cartões.

Precisamos voltar ao Ibis, trocar cédulas por moedas e então comprar nas máquinas ao lado que as aceitavam.

Como usar o metrô no Porto
Máquinas para validar os cartões

Como usar o metrô no Porto
Estação São Bento
É imprescindível, sujeito a multa se não o fizer, validar os bilhetes nas máquinas próprias para isso, antes de entrar no metrô ou estação. Após a validação, começa a contar o tempo de uso daquele bilhete.

Para tanto, basta aproximar o cartão da máquina: se a luz verde acender, está validado e podemos entrar. Caso a luz vermelha acenda, é preciso ler no visor qual o problema e resolvê-lo antes de utilizar o metrô.

Cada vez que mudarmos de carro, temos que validar novamente.

Munidos de cartões e bilhetes seguimos pela linha amarela, direção Santo Ovídio, até São Bento, em uma viagem que durou mais ou menos 15 minutos. Foi aqui que começamos a desvendar Porto.

Mais informações: http://www.metrodoporto.pt/