quinta-feira, 20 de abril de 2017

HOSPEDAGEM na Renânia do Norte-VESTFÁLIA, Alemanha:

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália

Passamos 15 dias visitando a Alemanha, nos limitando apenas à região da Renânia do Norte-Vestfália. Dormimos em Colônia, Münster, Düsseldorf e Bonn, fazendo um bate/volta para Aachen desde Colônia. Nossa hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália, em todas as cidades-base, foi em alguma unidade da Rede Accor.  

Apenas em Colônia nós optamos pelo Ibis Syles, mais descoladinho e de uma categoria superior que o Ibis padrão, aqueles em que costumamos ficar, pois nos ofereceu ótimo preço nas diárias, além do café da manhã estar incluído. Nas outras cidades ficamos no nosso bom e velho conhecido Ibis, o vermelhinho. 
Algumas razões nos movem em direção ao Ibis: localização, custo, bom atendimento, quartos limpos e de bom tamanho, além de ser padrão em todo o mundo. Sinto que estou em casa cada vez que abro a porta de um quarto Ibis e gosto disso, pois não sou muito afeita a surpresas no quesito hospedagem. 

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Ibis Styles - Colônia

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Ibis Styles - Colônia
Colônia:

O Ibis Styles (Barbarossaplatz 4a) é um hotel estiloso, design com predominância do verde e branco, cheio de detalhes na decoração, com uma pegada mais descontraída. Podemos encontrar, por exemplo, bicicletas e xícaras como itens de ilustração e ataviamento.

A localização é excelente: o tram passa em frente e foi ele que nos deixou no Ibis. O pegamos na estação de trem central (Hauptbahnhof) de onde chegamos desde o aeroporto de Frankfurt. 

A área onde o Styles está situado parece feia, bagunçada e até insegura à primeira vista, mas é pura aparência. A recepção vende bilhetes de tram. Compramos aqui no dia que deixamos Colônia em direção a Münster para chegarmos até Hauptbahnhof, de onde partia nosso trem.

Os dias que passamos lá, chegando tarde da noite inclusive, foram muito tranquilos, sem nenhuma sombra de qualquer tipo de problema ou vulnerabilidade. Percebemos depois, inclusive, que ser caótica e amálgama são características marcantes de Colônia.

O Ibis Styles está distante da Schildergasse, uma das principais ruas do distrito comercial da cidade, cerca de 1,5 quilômetros, pouco mais de 2 quilômetros da famosa Catedral de Colônia e da Estação Central da cidade. Fizemos este e outros percursos quase todos os dias a pé, porque Colônia é ótima para isso. 


Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
O quarto família do Ibis Styles

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
O quarto família do Ibis Styles

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
O quarto ficava no andar térreo ao lado da recepção

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Porta de isolamento do quarto que blindava os ruídos

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Mini cozinha dentro do quarto


Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Sabonete líquido: disponível em todas as unidades Ibis padrão e Styles

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
O banheiro
O quarto que nós ficamos era enorme. Fomos informados que esta unidade era geralmente utilizada por famílias, mas como eles estavam lotados, nos alojaram ali. Localizado no térreo, inicialmente eu fiquei com receio de que o barulho da recepção e restaurante fosse incomodar, mas o silêncio era total.

Havia uma porta que isolava o corredor, onde estavam o amplo armário e a mini cozinha equipada com pia, fogão elétrico e frigobar, nos proporcionando ótimas noites de sono.

Além disso, o quarto possuía uma cama extra de solteiro, um sofá-cama, poltrona e a tradicional mesa de trabalho. Também havia tomadas suficientes, o que às vezes é um problema nas unidades Ibis.

O banheiro também era grande, com banheira e chuveiro separados e um espaçoso aparador junto a pia onde Léo e eu, espalhados por natureza, pudemos nos esbaldar colocando nossas coisas para todo lado. 

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Salão de café da manhã do Ibis Styles

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Café da manhã

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Salão de café da manhã do Ibis Styles

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Café da manhã

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Café da manhã

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Café da manhã

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Café da manhã

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Salão de café da manhã do Ibis Styles

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Café da manhã começa com um café forte e negro

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Detalhes do Styles

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Detalhes do Styles
O wi-fi funcionou bem no início da manhã e tarde da noite. No início da noite caía o tempo todo e tínhamos dificuldade de navegar. Não houve solução para isso.

O café da manhã era maravilhoso, diverso, variado e tudo estava delicioso. Para abrir os trabalhos matinais, um café expresso, onde tudo começa para mim: forte, preto e fumegante como tem que ser. Eles ainda ofertavam copos de isopor para coffee to go. Melhor impossível.

Depois havia pães, queijos, embutidos, ovos, iogurtes, frutas, sucos: a cada manhã era possível variar bastante. Isso sem contar que o lugar era cheio de charme, detalhes decorativos e muito lindo. As meninas que cuidavam do café da manhã eram simpáticas e muito sorridentes.

Uma coisa que me divertia era observar os hábitos dos outros hóspedes porque havia gente ali de várias partes do mundo e cada um encarava aquela primeira refeição de uma maneira distinta. 

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Recepção do Ibis Münster

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Ibis Düsseldorf

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Ibis Düsseldorf - quarto padrão
Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Banheiro Ibis

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Banheiro Ibis - bancada de apoio
Münster, Düsseldorf e Bonn:

Nestas três cidades nos hospedamos no Ibis tradicional, o vermelhinho, que difere muito pouco um do outro. A linda decoração, o tamanho do quarto e disposição dos moveis segue mais ou menos o mesmo padrão, contando com bancada de trabalho, um pequeno armário com cabides, um sofá e wi-fi livre nos quartos.

Os banheiros costumam ter tamanho adequado, com pouco espaço ao lado da pia. Alguns oferecem um vão na parede para apoiar a necessaire. Raramente há espaço no chuveiro, que segue o estilo europeu com regulagem de altura e angulação (eu amo), para apoiar os itens de higiene pessoal. Isso é um pequeno problema. Sabonete líquido está disponível. 

Salvo se há alguma promoção, o café da manhã não está incluído na diária e na Alemanha tinha um custo de 15 euros. É raro, portanto, que tomemos café da manhã no Ibis, mas eles costumam ser muito bons.

Entretanto, além de ser mais barato tomar café da manhã na rua (na maior parte das cidades, ao menos), eu adoro uma cafeteria, tomar café no balcão observando o movimento da cidade com as pessoas a caminho de seus afazeres cotidianos.

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Recepção do Ibis Münster - vermelho predomina na decoração

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Ibis Münster - quarto padrão, difere pouco

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Ibis Münster, mas poderia ser Düsseldorf, ou Bonn, pois os quartos seguem um padrão
O Ibis de Münster (Engelstrasse 53) apresentava fachada moderna e ótima localização. Da Estação Central de trem fomos caminhando por mais ou menos 700 metros ou 10 minutos. Além disso, dista menos de 1 quilômetro do centro histórico.

Já o Ibis de Düsseldorf (Ludwig Erhard Allee 2) estava há mais ou menos 500 metros do Hauptbahnhof e também fomos caminhando quando ali chegamos de Münster, assim como passeamos por toda a cidade usando nossos pés.

Da Marktplatz, por exemplo, praça próxima a muitas atrações interessantes de Düsseldorf, o Ibis dista mais ou menos 2,5 quilômetros ou 30 minutos de caminhada.

Lembrando que em ambas as cidades, a estação de trem, de onde saem trens, trams e metrôs, está quase ao lado. Em todos eles o entorno está cheio de cafeterias e restaurantes, além de barraquinhas de rua vendendo delícias alemãs.

Em Bonn, nós optamos pelo Ibis Vorgebirgsstrasse 33. Mais uma vez o custo x benefício x localização pesaram na decisão. Ele está há pouco mais de 1 quilômetro da casa de Beethoven, por exemplo e há mais ou menos 1,5 quilômetros da Estação Central ou 20 minutos de caminhada. O bairro onde ele fica é cheio de charme e especialmente à noite, os restaurantes ficam bem movimentados.  

Nestas três cidades o wi-fi funcionou muito bem. 

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Beber água da torneira, uma facilidade

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Ibis em Bonn

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Ibis em Bonn - recepção

Hospedagem na Renânia do Norte-Vestfália
Welcome drink - cerveja nos Ibis da Alemanha
Em todos os hotéis Ibis em que nos hospedamos, como é comum na Europa, pudemos beber água da torneira da pia; uma facilidade que eu adoro. 

Outro aspecto nos atrai na Rede Accor: o programa de fidelidade da rede chamado Le Club, onde a hospedagem acumula pontos que mais tarde poderão ser revertidos em descontos em outras hospedagens.

Os associados vão subindo de categoria à medida que acumulam pontos e assim vão ganhando benefícios como early check-in (meu preferido), late check-out e welcome drinks por exemplo. Lembro, porém, que nem toda unidade gera pontos.

Para ser um membro Le Club basta fazer o cadastro gratuito no site da rede.

Na maioria dos lugares o welcome drink é café, água ou um refrigerante, mas na Alemanha pode ser também cerveja, então, durante nossa estada na Renânia do Norte-Vestfália, nosso último dia em cada cidade sempre terminava com cerveja alemã, no quarto do hotel.

Estar em uma das unidades do Ibis Hotel, tem seus prós e seus contras, mas na contabilidade final, continuo considerando o Ibis bom custo/benefício quando viajamos por aí. 

Em tempo: a rede Accor oferece outros hotéis como o Mercure ou Ibis Budget, com diferenças de categoria e custo, mas o meu apreço é mesmo pelo Ibis tradicional.